Panleucopenia Felina

A panleucopenia felina, também conhecida como laringoenterite contagiosa ou agranulocitose infecciosa, é uma doença causada por vírus que ataca exclusivamente os felinos, principalmente gatos jovens, entre 1 e 2 meses até 1 ano de idade, e raramente ocorre em animais adultos.

O vírus é altamente contagioso, e pode ser transmitido através do contato direto entre os animais, por meio de alimentos, água contaminada, excretas, vômito, etc.

Os sintomas da panleucopenia felina variam de acordo com a idade do felino no período que é exposto ao vírus. Pode ocorrer a infecção transplacentária, podendo levar à alterações teratológicas (má formações fetais). Caso o animal seja recém-nascido, pode apresentar alterações no sistema nervoso central como a falta de coordenação motora, alterações comportamentais, entre outros. Já em filhotes mais velhos, podem ocorrer desde infecções praticamente assintomáticas até os casos de morte súbita, sendo as principais manifestações clínicas: a depressão, a inapetência, a febre, a êmese, a desidratação, a diarréia fétida e o abdômen sensível à palpação.

O diagnóstico é feito através da associação dos sintomas com resultados dos exames de sangue que apontam para leucopenia, e o tratamento pode ser feito também através da acupuntura veterinária.

Para prevenir a doença, os filhotes devem ser vacinados contra a panleucopenia felina aos 2 meses de vida e o reforço, depois de um mês. Os adultos, em especial as fêmeas, devem ser vacinados todos os anos para a manter os níveis de anticorpos altos.

Caso o seu gato apresente sinais de que está com panleucopenia felina, leve-o imediatamente a um médico veterinário para que, depois de diagnosticado o problema, ele possa realizar o tratamento no animal.

Uma ótima semana!

Fonte: InfoEscola

Visite o nosso site
Visite o nosso Facebook

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *