O frio e os animais de estimação

frio e os animais de estimação

O verão acabou e o outono já traz um clima mais ameno. Quem vive em São Paulo e na regiões mais ao sul do Brasil já começa a tirar os casacos do armário e curtir um friozinho.

Mas não somos os únicos que sentem na pele a virada do tempo, sabia que os animais de estimação sentem tanto a mudança de temperatura quanto nós? Separamos algumas dicas de como cuidar do seu pet nas estações mais frias do ano.

Nos dias mais gelados é necessário que se prepare um local protegido das correntes de ar, que esteja sempre seco e sem contato com o chão frio ou úmido para o animal dormir. Inclusive esse cuidado deve ser tomado independentemente da estação.

Não é recomendado que se faça a tosa dos animais nas estações mais frias, pois o pelo ajuda a manter o calor do corpo, já no calor tropical do verão a tosa é uma ótima opção para que seu cão ou gato não sinta tanto calor.

Escove-o também com mais frequência devido à umidade, ao vento e à eletricidade estática.

Os banhos secos, com pó de talco, podem ser uma boa alternativa para a época, mantendo o pelo limpo, saudável e reduzindo o odor característico.

Sabia que os dias frios e com muito vento podem confundir o faro do seu animal? Nesta época aumenta o número de cães perdidos, por isso, se houver vento, não o passeie sem coleira.

Gatos que ficam soltos também são um problema. Além dos riscos devido ao frio, eles procuram normalmente locais mais quentes para se enroscarem. Um carro com o motor quente pode parecer muito confortável, mas também pode ser fatal.

Se houver gatos na vizinhança, bata com a porta, buzine ou faça barulho e espere uns segundos antes de pôr o carro a funcionar.

Os cães devem ser vacinados contra a traqueobronquite infecciosa, conhecida como tosse do canil e, no caso dos gatos, contra a coriza, que é uma infeção das vias respiratórias superiores.

Animais com problemas de saúde como a diabetes, complicações cardíacas, doenças renais ou desequilíbrios hormonais, podem estar comprometidos na capacidade natural de regular o calor corporal. Dobre o cuidado.

 

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *