Conheça mais o comportamento felino

Conheça mais o comportamento felino

Eles vivem mais do que os cães, escutam melhor e são mais numerosos e prolíficos. Você sabe de quem estou falando? Nesse post vamos falar curiosidades sobre os gatos. Conheça mais os bichanos e descubra curiosidades sobre o comportamento felino.

Reprodução

Antes de escolher um gatinho e levá-lo para sua casa, é preciso ter em mente que os felinos precisam ter reprodução controlada. Portanto, a primeira coisa que se deve pensar ao querer um gato é: castração!

A esterilização desses animais, seja macho ou fêmea, ajuda e muito no controle populacional dessa espécie. Isso porque os gatos têm uma expectativa de vida de 15 anos em média e as fêmeas entram no cio antes mesmo de terminar de amamentar a cria anterior vale a dica de que

 

Porte

A maioria dos gatos pesa entre 2,5 e 7 kg, mas alguns bichanos podem exceder os 11 kg. Atualmente o exagero alimentar e o sedentarismo pode levar a animais a mais de 20kg, mas essa condição é totalmente doentia.

 

Comportamento felino

Os gatos são um dos bichinhos de estimação mais independentes que existem e muitas vezes possuem características individuais que não podem ser previstas, nem mesmo através das raças existentes. Mas essa independência vai até a porta de casa, ou seja, tem um limite.

Como são domésticos necessitam de cuidados e de responsabilidade dos seus donos. Deixar o gato “se virar” na rua não é justo. O ato coloca em risco os demais moradores da casa e deixa os dejetos e estragos feitos por ele “na conta” de outras pessoas.

Os cuidados que devem ser tomados vão desde a caixinha de areia adequada até o alimento, os brinquedos e os cuidados veterinários.

 

Diferenças entre cães e gatos

O comportamento felino difere muito dos cães, assim como as características que podem ser enumeradas a seguir. É claro que ainda resta uma grande lista de distinções.

Sons: Os gatos conseguem emitir cerca de 100 sons diferentes, sendo que os cães emitem em torno de dez. Além desses 100 tipos de vocalizações, algumas se assemelham bastante com sons humanos. O som do macho da espécie é mais forte e grave que o das fêmeas.

Audição: Os gatos ouvem sons numa frequência ente 45 e 64.000 Hz, e são muito parecidos com os cães nesse ponto.

Visão: Como bons caçadores eles possuem uma visão noturna melhor que a dos cães, mas ambos enxergam menos cores e detalhes que nós humanos.

População: O total de gatos no mundo está entre a maioria dos animais domésticos. Nos EUA, por exemplo, existem cerca de 82 milhões de gatos para 72 milhões de cães. Já no Brasil temos mais cães (25 milhões) do que gatos (7 milhões).

 

 

Ao adotar um gato existem inúmeros fatores a considerar. Adotar por impulso nunca foi ou será uma boa ideia, portanto leia, estude e considere antes de tomar esse passo!

Como a aquisição de um animal, seja por compra ou adoção, não é coisa leviana vamos aos fatos:

Ao pensar em ter um companheiro peludo compare com um filho. As necessidades, os problemas, as características e os fatores que saem do nosso controle – tudo isso é semelhante!

 

 

Ruídos

Algumas características do comportamento felino são bem conhecidas. Todos já devem ter ouvido falar no “ronronar” de um gato. Sabe qual seria a melhor explicação para esse ruído? Segundo o biólogo Glilherme Domenichelli do Zoo de São Paulo o ronronar é comum e normal entre os felinos e, na maioria das vezes, é usado para expressar sentimentos.

A explicação para a formação desse som seria a vibração do osso hióide (presente na garganta dos felinos). Ao trazer o ar na inspiração o animal causa a vibração dessa parte do corpo e o barulho se forma. Segundo o biólogo o felino ronrona para expressar principalmente tranquilidade, prazer e satisfação, mas pode haver situações de raiva, dor ou fome em que esse som também é emitido.

Já o miado, com um propósito semelhante ao do ronronar, também pode indicar de sentimentos ou sensações. É comum os gatos domésticos miarem mais que os selvagens, pois podem se “dar ao luxo” de chamar mais atenção para suas necessidades.

 

Alimentação

Como eles pertencem a ordem carnívora, possuem presas (dentes) para apreensão de animais e corte de carne. Sua principal fonte de alimentação na natureza é a carne de outros animais, como pequenos roedores e o corpo peludo e as garras também os assemelham aos demais felinos.

 

Cauda

Os gatos são animais silenciosos por natureza, e isso vem justamente de seu extinto de caçador. A cauda desse felino é utilizada para o equilíbrio, mas também ajuda a expressar o humor do animal. Quando está levantada pode demonstrar orgulho e felicidade. Quando colocada estendida e ereta pode demonstrar o momento de “bote” ou ataque. Enrolada mimetiza a aflição do animal e quando agitada de um lado para o outro demonstra nervosismo e raiva … e nesse caso todo cuidado é pouco!

Tenha uma ótima semana!

 

Referências:

http://www.osgatos.com.br/

http://noticias.terra.com.br/educacao/vocesabia/interna/0,,OI2859615-EI8410,00.html

http://cats.about.com/od/catcare/tp/questionsgettingnewcat.htm

http://super.abril.com.br/mundo-animal/gatos-682635.shtml

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *