Sabia que a acupuntura também trata problemas de pele?

gato problema de pele acupuntura

Um grande número de indicações de acupuntura vem do campo das afecções ósteo-musculares, como: problemas de coluna, artrites, artroses, tendinites, calcificações, entre outros. Mas, no entanto, a medicina chinesa pode fazer muito mais pelos nossos amigos peludos!

Sabia que também podemos tratar problemas de pele? Alterações orgânicas como a anemia, insuficiência renal, alergias alimentares, gastrites e enterites crônicas, etc.?

Pois é, a acupuntura veio ao ocidente para ajudar tanto profissionais da área da saúde quanto os pacientes propriamente ditos na luta contra várias doenças “não tratáveis” pela nossa medicina. Ou alguém acha que tomar medicações para o resto da vida é algum tipo de cura?!

Gostaria de ver não apenas o público leigo mais informado sobre as possibilidades de tratamento que hoje estão disponíveis para seus animais, mas também os demais colegas de profissão. As informações sobre as possibilidades de tratamento (em conjunto ou não com as técnicas já estabelecidas aqui no ocidente) estão em livros, trabalhos científicos e principalmente na internet.

Ao atender um paciente vale a pena dar o braço a torcer e perguntar o que mais se pode fazer para beneficiar o maior interessado no assunto, o próprio paciente. E isso vale também para os proprietários de plantão: sejam criteriosos e peçam sempre o maior número de informações sobre as possibilidades de tratamento! Usem o mesmo critério que utilizariam para um filho, um parente doente…

Não se deve, por exemplo, pedir para o cliente deixar de fazer um tratamento como a acupuntura – ou vários outros que buscam o equilíbrio orgânico (holísticos) – em momentos de necessidade. Afinal de contas na doença esse tipo de tratamento não apenas vai ajudar no quadro geral mais também vai reduzir a quantidade e o tempo de utilização de medicações alopáticas assim como melhorar a imunidade, a resposta cicatricial e até combater um tumor.

Por isso antes de interromper um tratamento consulte sempre o ESPECIALISTA em questão, ou seja, o responsável pelo tratamento do paciente dentro do seu âmbito de atuação. Vamos pensar em equipe! Várias mentes pensantes sempre serão melhor que uma só! Afinal de contas o interesse em comum é único: o BEM do paciente.

A melhor coisa a ser feita é: “Na dúvida, pergunte!”. Isso evita ficar sabendo tarde demais que o tratamento interrompido (ou não tentado) podia ter salvado a vida de seu amigo de estimação ou que seu paciente podia ter sobrevivido, e seu cliente ter ficado muito mais feliz com esse desfecho.

A internet está aí para isso. Muitas pessoas já fazem uso dessa ferramenta para chegar a respostas ou pelo menos para acharem um caminho. Utilize-a com sabedoria e traga mais conhecimento para si, isso pode ser decisivo num momento de dúvida ou necessidade.

Utilizei os tratamentos dermatológicos como exemplo, mas aqui na nossa página quem quiser pode encontrar mais informações sobre os demais benefícios que a medicina chinesa pode trazer ao animal, seja ele de estimação ou paciente.  Dê uma olhada: http://flordelotusacupuntura.com.br/patologias/

Caso ainda fiquem com dúvidas podem entrar em contato pelo nosso canal de comunição do próprio site, pelos telefones de contato ou ainda pela nossa página social no facebook (http://www.facebook.com/FlordeLotusAcupuntura).

Tenham todos uma ótima semana!

 

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *