Animais idosos – O que fazer?

animais idosos

Muitos dos pacientes que chegam aos nossos consultórios estão com idade superior a 10 anos, alguns possuindo muito mais que 10.

A medicina veterinária ainda não está completamente preparada para receber e tratar da melhor forma esses pacientes, mas a medicina tradicional chinesa nos dá muitas ferramentas para manter uma boa qualidade de vida e ajudarmos em inúmeras doenças tidas como “terminais”.

Temos como armas a própria Acupuntura, carro chefe de nossa empresa, a Dietoterapia e a Fitoterapia chinesas. Algumas modificações no ambiente, na nutrição e no tratamento das doenças propriamente dito podem ajudar e muito os pacientes a passarem por essa fase inevitável de uma forma tranquila e digna.

Infelizmente em nossos consultórios percebemos quão fácil está a desistência dos colegas em relação às doenças mais complexas e incuráveis. O importante aqui é, antes de optarem pela indicação da eutanásia, optarem por tratamentos alterativos e com grande casuística de melhoria de qualidade de vida.

O que é terminal ou definitivo não precisa necessariamente ser sinônimo de “reduzir os dias de vida” e, consequentemente, a convivência entre os animais e seus donos. Dar valor a vida animal é importante para darmos valor aos animais!

Não adianta desistir de lutar no primeiro sinal de dificuldade, e isso serve tanto para os proprietários quanto para os médicos veterinários! Vamos valorizar nossos pacientes e nossa profissão!

Não querer sofrimento é uma das coisas que mais ouvimos, mas a pergunta que temos que fazer ao nos deparar com um animal idoso enfermo é: O que mais eu posso fazer? No que mais posso ajudá-lo? Como posso confortá-lo?

Chega um momento em que a analgesia e os tratamentos paliativos são a melhor opção, e desse ponto em diante não fazemos mais um tratamento curativo, não olhamos apenas um órgão (problema renal ou no fígado), mas sim o todo. Como já é feito na medicina chinesa há 3000 anos!

Quanto mais equilibrado estiver o organismo melhores são as perspectivas de uma boa manutenção da vida e de uma morte digna. Não se trata de esticar a vida, apenas dar qualidade ao tempo que ainda restar!

O que você daria para ter mais um dia com um ente querido? Com o melhor amigo peludo não é diferente!

Portanto, antes de pensar em eutanásia pense em outras formas de tratamento!

Uma boa semana!

 

Obs. Mandem as fotos para nossa campanha! Até dia 01/11! Dia do Animal Idoso!

 

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *